Bem vindo à nossa loja! Cadastre-se ou faça Login
0800 603 2014 Whats P. Jurídica 45 9.99807 - 5642 Whats P. Fisíca (45) 99950 - 6577
Pess. Jurídica

Maltodextrina

Ver como:
Ordenar por:
Exibir:
Ver como:
Ordenar por:
Exibir:

O QUE É A MALTODEXTRINA?

Dietas equilibradas são cada vez mais freqüentes, especialmente entre os atletas, pois é muito importante que o organismo receba todos os nutrientes necessários para um bom funcionamento.

 

A maior parte da ingestão energética é feita de carboidratos, que servem como a principal fonte de energia para o corpo, utilizada na contração muscular durante a prática de exercícios, além de serem responsáveis pela liberação e manutenção da glicose.

 

Os carboidratos são classificados como carboidratos simples e complexos; os carboidratos simples são denominados monossacarídeos e dissacarídeos, pois possuem uma estrutura molecular reduzida, possibilitando que a absorção seja rápida, o que gera o aumento dos níveis de glicose no sangue (glicemia); já os carboidratos complexos são denominados de polissacarídeos, pois possuem uma estrutura molecular maior, mais complexa, como o nome sugere, causando o aumento da glicemia gradualmente.

 

A Maltodextina é considerada um carboidrato complexo, ou polissacarídeo, logo sua absorção é mais lenta, liberando glicose gradativamente. Atletas e fisiculturistas costumam consumir a Maltodextina para ter melhor rendimento e mais resistência durante os treinos, pois ela oferece energia por mais tempo.

 

Contribui para o ganho de massa muscular gerando picos de insulina, hormônio de ação anabolizante, além de potencializar a absorção de nutrientes, principalmente as proteínas, que favorecem o crescimento dos tecidos musculares.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA MALTODEXTRINA

  • Alto índice glicêmico;
  • Treinos mais intensos;
  • Mais resistência nos treinos;
  • Libera a glicose gradativamente;
  • Fonte de energia por mais tempo;
  • Potencializa a absorção de nutrientes;
  • Favorece o ganho de massa muscular.

QUEM PODE TOMAR A MALTODEXTRINA?

A Maltodextrina é indicada para atletas que praticam musculação e esportes mais intensos e de longa duração, como a natação e o ciclismo, onde o corpo necessita energia. Nesses casos, a falta de carboidratos resulta num desempenho físico reduzido e perca de nutrientes dos tecidos, principalmente, dos músculos. Esse suplemento contém contraindicação para diabéticos e pessoas acima do peso; é de extrema importância a orientação de um médico ou nutricionista.  

MALTODEXTRINA ENGORDA?

A Maltodextrina é um carboidrato com alto índice calórico, sendo assim seu consumo excessivo pode engordar. No entanto, ela é ideal para atletas como fonte de energia de longa duração, oferecendo maior rendimento nos treinos, o que resulta numa queima de calorias maior. Por esse motivo, a Maltodextrina, assim como a Dextrose, é indicada para pessoas que praticam atividades físicas de alta intensidade e longa duração, que necessitam de mais calorias.

DEXTROSE X MALTODEXTRINA

Geralmente as pessoas confundem a Maltodextrina com a Dextrose, devido à semelhança entre os dois. A Maltodextrina é um polissacarídeo, ou seja, um carboidrato complexo, que precisa ser processada primeiramente pelo fígado, isso explica a absorção ser mais lenta.

 

A verdadeira diferença entre a Maltodextrina e a Dextrose, como já vimos, está na absorção, ou seja, enquanto que a dextrose oferece energia imediata, a maltodextrina libera glicose de forma gradativa, não permitindo que ocorra uma queda brusca da glicemia, além de oferecer energia por mais tempo. Após a quebra, a maltodextrina acaba se transformando em dextrose, o carboidrato simples que a sintetiza.

COMO TOMAR

A Maltodextrina é um suplemento em pó e deve ser misturado cerca de 50g do produto em água ou bebida de sua preferência. 

 

Para praticantes de musculação recomenda-se a ingestão de Maltodextrinha juntamente com uma proteína, como o Whey Protein, após os treinos para oferecer maior recuperação e melhor absorção das proteínas para o ganho de massa muscular; Atletas que praticam exercícios aeróbicos, devem dar preferência para a ingestão antes e durante a prática, já que é necessária muita disponibilidade de energia. Em todos os casos é importante a orientação de um médico ou nutricionista para analisar quais são as suas necessidades.